Fisioterapia Desportiva 2018-06-19T14:53:00+00:00

FISIOTERAPIA DESPORTIVA

A Clinica oferece como novidade o atendimento especializado na área de “Reabilitação de Lesões do Esporte” dando suporte para os atletas profissionais e amadores. Com a finalidade principal de estabelecer aos nossos pacientes protocolos de tratamento diferenciados, individualizados e respeitando sempre a especificidade de cada esporte. Atuando assim de forma preventiva e curativa na reabilitação.

REABILITAÇÃO DE LESÕES DO ESPORTE

A Fisioterapia Desportiva é um componente da Medicina do Esporte onde sua prática e métodos são aplicados no caso de lesões causadas por esporte, com o propósito de prevenir, recuperar e sanas as incidências de lesões. A Fisioterapia esportiva tem como objetivo principal reintegrar o atleta o mais rápido possível a prática esportiva após uma lesão.

O trabalho desenvolvido na Fisioterapia do Esporte é um pouco diferente dos outros, pois o processo de reabilitação tem que ser rápido e funcionalmente mais efetivo, pois o atleta necessitará executar todos os movimentos específicos do gestual da sua modalidade esportiva dentro dos padrões normais alcançando assim a reabilitação plena.

Dentre as lesões mais comuns estão as tendinites, lesões musculares, lesões ligamentares, entorses, luxações, subluxações e as fraturas.

GALERIA DE IMAGENS

Veja um pouco de nossa experiencia com esse serviço.

PREVENÇÃO DE LESÕES – ATLETAS DE FIM DE SEMANA

O aumento da prática esportiva também provoca uma importante e considerável incidência de lesões nos “atletas de fim de semana”. Tudo isso se manifesta pela falta de condicionamento físico adequado, e pela falta de orientações de um profissional para o respectivo esporte. O grande problema dessa prática é que para se obter os benefícios da atividade física o nosso organismo necessita de uma frequência maior na prática do exercício físico e não somente nos finais de semana. É muito comum na correria da vida moderna e principalmente nas grandes cidades não se ter tempo disponível durante a semana para a prática de exercícios físicos regulares.

Existem dois principais fatores sobre a prática não muito saudável.

– A primeira e a mais perigosa delas são as intercorrências no que diz respeito ao coração dos atletas de finais de semana.
Geralmente eles não estão totalmente preparados para serem submetidos aos pequenos e médios esforços que as modalidades como corrida, jogar futebol, vôlei, basquete, bicicleta e outros irão proporcionar. Nesse caso é muito importante uma avaliação clínica com um Médico do Esporte a fim de se obter resultados e estabelecendo programas, condutas e diretrizes para uma prática desportiva individualizada adequada.

– A segunda intercorrência são as lesões músculo-tendineas que também se manifestam nesses “atletas de fim de semana” pois não existe um programa de fortalecimento muscular preventivo visando minimizar as distensões musculares, estiramentos, contraturas, ruptura de tendões, em especial o tendão de Aquiles que em muitos casos evoluem para uma cirurgia.

O QUE SERIA IDEAL?

O ideal é que se pratique uma atividade física com uma periodicidade regular de 3 a 5 vezes por semana descansando entre um dia e outro.

Importante ressaltar que para cada pessoa existe uma orientação diferente de como realizar a atividade física mais adequada. De preferência buscando orientação de um profissional médico e que atue na área de Medicina do Esporte para uma melhor orientação possível. Assim podemos obter o máximo de benefício da atividade física promovendo saúde, com o menor risco possível.